PREFEITURA DE SALVADOR ASSINA CONTRATO DE R$ 484 MILHÕES COM O BANCO MUNDIAL

PREFEITURA DE SALVADOR ASSINA CONTRATO DE R$ 484 MILHÕES COM O BANCO MUNDIAL

O prefeito ACM Neto assinou nesta quarta-feira (11), na sede do Banco Mundial (Bird), em Brasília, contrato de financiamento de US$ 125 milhões, equivalente a R$ 484 milhões em valores atuais, para aplicação nas áreas de saúde, educação e assistência social. Esses recursos correspondem à primeira etapa do programa negociado com o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento, no total de US$ 250 milhões.

Este é o primeiro contrato assinado com o Banco Mundial na história de Salvador e o terceiro empréstimo externo já firmado. Anteriormente, foram pactuadas as operações de crédito com o Prodetur e o Novo Mané Dendê, ambos com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O projeto foi aprovado graças à saúde financeira do município, conquistada e mantida desde 2013. Foi possível, também, em função da credibilidade de que goza o município e pelo trabalho técnico realizado na construção do projeto.

“A Prefeitura trabalhou muito para garantir mais um financiamento externo para beneficiar os mais pobres, a prioridade de nossa administração desde o primeiro dia”, afirmou o prefeito. De acordo com o prefeito, com o contrato serão ampliados e qualificados os serviços das áreas mais essenciais: saúde, educação e promoção social. “Estabelecemos uma série de metas que serão cumpridas nos próximos dois anos e meio para que a Prefeitura tenha acesso a esses recursos que serão absolutamente essenciais para dar velocidade a essas três áreas que são as mais importantes para a vida da cidade”, destacou ACM Neto.

A Casa Civil da Prefeitura será responsável pela gestão do Projeto Salvador Social e também pela execução do componente assistência técnica, ficando a cargo das secretarias setoriais – Saúde (SMS), Educação (SMED) e Promoção Social e Combate à Pobreza (SEMPS) – a realização das ações e cumprimento das metas estabelecidas no contrato em suas respectivas áreas. “Fizemos os ajustes necessários no começo da primeira gestão e, agora, estamos colhendo os frutos de uma administração que transformou a vida dos mais pobres”, disse o secretário Luiz Carreira (Casa Civil).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *