MARINA AFIRMA SER CONTRA A PRIVATIZAÇÃO DA ELETROBRAS

MARINA AFIRMA SER CONTRA A PRIVATIZAÇÃO DA ELETROBRAS

A pré-candidata à Presidência pela Rede, Marina Silva, declarou nesta quarta-feira, 11, ser contrária à privatização da Petrobras, do Banco do Brasil e da Caixa Econômica. A ex-ministra do Meio Ambiente criticou a forma como o governo federal propôs a desestatização da Eletrobras, que tramita hoje na Câmara dos Deputados. O discurso se contrapõe ao do presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB), que já defendeu a desestatização da Petrobras.

“Não tenho uma posição contrária às privatizações, só não pode ser feita de qualquer jeito. E sou contra a privatização da Petrobras, do Banco do Brasil, da Caixa Econômica”, afirmou, em entrevista à Rádio Eldorado, que vai ao ar na próxima segunda-feira, 15.

Para a ex-ministra do Meio Ambiente, é um problema se discutir a desestatização da Eletrobras, sem debater antes formas de energia limpa. “O governo apresentou um projeto de privatização sem antes ter um plano de geração de energia para os próximos 10, 20 anos no Brasil. Se o governo disser que vai continuar fazendo grandes barragens como Belo Monte, temos um problema”, disse. (Estadão)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *