COLUNISTAS
 

JOSÉ MACIEL - BAHIA PODERÁ TER INVESTIMENTO DE R$ 160 MILHÕES
LUCAS LEAL - A SEMANA NA BOLSA DE VALORES - SEMANA HISTÓRICA
ADARY OLIVEIRA - O MUNDO DO FAZ DE CONTA


BUSCA
 



ENTREVISTAS
 


JAQUES WAGNER- SECRETÁRIO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO


SEU INVESTIMENTO
 


JUROS É PRINCIPAL BARREIRA PARA 38% DOS EMPRESÁRIOS QUE NÃO BUSCAM CRÉDITO




FRASE DO DIA
 


"Nem me esperou chegar de Brasília, Correria? Vai ter que andar comigo no metrô, do Iguatemi ao CAB. Estamos juntos. Nada resiste ao trabalho"

Otto Alencar
Senador comentou a postagem do Facebook do governador Rui Costa indo trabalhar de metrô







NOTÍCIAS
 
CUSTO INDUSTRIAL NO BRASIL CRESCE 0,1% NO 4º TRI DE 2016, DIZ CNI
20/04 - 13:00hs -
 

 
Os custos industriais no Brasil permaneceram estáveis no último trimestre do ano passado enquanto os preços dos produtos voltaram a crescer, de acordo com pesquisa divulgada nesta quinta-feira, 20, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O indicador de custos medido pela entidade aumentou apenas 0,1% de outubro a dezembro de 2016, na comparação com os três meses anteriores.
 
No mesmo período, o preço dos bens fabricados no País subiu 0,5%, no que foi o quinto trimestre consecutivo em as companhias recuperaram lucratividade - algo que não acontecia desde 2010. A indústria nacional também teve ganho de competitividade em relação aos produtos manufaturados importados, cujos preços em reais aumentaram 0,6% no último trimestre de 2016. Considerando apenas os bens fabricados nos Estados Unidos, o aumento de preço foi de 1,8% no período.
 
Mas, devido à valorização do real em relação ao dólar, a recuperação no fim de 2016 não foi suficiente para compensar a perda de competitividade ao longo do ano. Na comparação com o último trimestre de 2015, os custos industriais no Brasil caíram 0,2%, mas o preços dos produtos importados recuou 19,4%.(A Tarde/ESP)



 





Rua Dr. José Peroba, 297, edf. Atlanta Empresarial, sala 1503 - Stiep - Salvador CEP: 41.770 - 235 - Tel: 3037 - 2960