COLUNISTAS
 

ARMANDO AVENA - A ECONOMIA DO FORRÓ
ADARY OLIVEIRA - A PETROQUÍMICA E A ATRAÇÃO DE NOVOS INVESTIMENTOS
LUCAS LEAL - A SEMANA NA BOLSA DE VALORES - MAIS DO MESMO


BUSCA
 



ENTREVISTAS
 


CEZAR LEITE - VEREADOR PELO PSDB


SEU INVESTIMENTO
 


VAI VIAJAR DE ÚLTIMA HORA? VEJA COMO ECONOMIZAR NAS FÉRIAS DE JULHO




FRASE DO DIA
 


"Não me canso de falar. O Brasil está nos trilhos, no caminho da responsabilidade e na rota da recuperação [...] Não há plano B. Há que seguir adiante. Nada nos destruirá, nem a mim, nem aos nossos ministros"

Michel Temer
Presidente do Brasil









NOTÍCIAS
 
EXPORTAÇÕES BAIANAS CRESCEM 7,6%, MAS BALANÇA TEM DÉFICIT NO 1° TRIMESTRE
07/04 - 09:02hs -



As exportações baianas atingiram US$ 1,68 bilhões no primeiro trimestre de 2017, um crescimento de 7,6% em relação ao mesmo período do ano passado. Em março as exportações atingiram US$ 657,8 milhões,  um aumento de 48% em relação a fevereiro, mês de muitos feriados na Bahia. Em relação ao mesmo mês do ano anterior, as exportações em março cresceram 15%.

A China voltou a assumir o posto de maior comprado dos produtos baianos, com compras da ordem de UU$ 296 milhões, 17,5% do total, seguido dos Estado Unidos com15,3%. Mas as exportações chinesas ainda são 33% menores do que no ano passado. 
  
As importações alcançaram US$1,97 bilhões no primeiro trimestre, crescimento de 53,5% em relação ao mesmo período de 2016, e montante maior que as exportações, o que levou o Estado a ter um déficit na Balança Comercial de US$ 285 milhões. Em março as importações cresceram 61% e atingiram um déficit de US$ 18,1 milhões na balança comercial.

A Bahia está importando mais do exportando, embora se verifique um aumento do comércio exterior no eOs dados são do Ministério da Industria, Comércio Exterior e Serviços.
 





Rua Dr. José Peroba, 297, edf. Atlanta Empresarial, sala 709/710 - Stiep - Salvador CEP: 41.770 - 235 - Tel: 3037 - 2960, Tel - 3565 - 2888