COLUNISTAS
 

LUCAS LEAL - PANORAMA DO MERCADO: ALTA VOLATIVIDADE
ARMANDO AVENA - OS PRESIDENCIÁVEIS DA BAHIA
ADARY OLIVEIRA - APLAUSOS PARA A ANP


BUSCA
 



ENTREVISTAS
 


RICARDO ALBAN - PRESIDENTE DA FIEB


SEU INVESTIMENTO
 


BITCOIN BATE US$ 18 MIL APÓS ESTREAR NA BOLSA DE CHICAGO




FRASE DO DIA
 


"Se fosse fácil já teria votado.Vamos fazer todo o esforço para (a votação) ser na próxima semana”

Henrique Meirelles
Ministro da Fazenda do Brasil, falando sobre a votação da previdência  

 

 








ENTREVISTAS
 
BRUNO DAUSTER - SECRETÁRIO DA CASA CIVIL DO ESTADO DA BAHIA

BE- A integração do ônibus com o metrô foi a última grande polêmica envolvendo prefeitura e governo do estado. No final das contas a prefeitura teve que ceder. Quais os benefícios que a integração traz a população?

BD -
A plena integração entre os sistemas de transportes de trilho e pneus traz para a população a garantia da diminuição do tempo de locomoção e a redução do custo com o transporte público. Com a integração, no período de 2 horas, o passageiro poderá entrar nos ônibus e no metrô, usando seu cartão de acesso, pagando uma única passagem.
Na última segunda-feira (14), houve mais uma reunião no Ministério Público do Estado (MPE-BA) onde ficou acordado em assegurar, também, o direito da integração com os ônibus urbanos para os passageiros oriundos da região metropolitana que já integram com o metrô e a previsão do corte das linhas que correm nos corredores de trafego onde está implantado o metrô. O acordo será firmado a partir da assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta - TAC, elaborado pelo MPE, prevista para 24 de agosto.

BE- O Centro de Convenções está parado a mais de um ano e traz muitos prejuízos ao turismo da capital, principalmente para o turismo de negócios. O Trade do setor tem reclamado muito da posição do governo em relação a demora para licitar o equipamento. O que o senhor poderia comentar a respeito? O Novo Centro de Convenções pode ser construído na avenida paralela ou no centro da cidade. As duas localidades não agradam o trade que tem pedido que o Centro permaneça onde ele está, no Costa Azul. Qual critério adotado pelo governo para a mudança da localização?

BD -
O Governo da Bahia irá abrir uma PMI (Procedimento de Manifestação de Interesse) para a execução do novo Centro de Convenções ainda em 2017, que poderá ser localizado na Av. Paralela ou na região do Centro de Salvador. Grupos empresariais já manifestaram interesse na implantação do equipamento, que deverá ser associado à uma área de compras, com restaurantes, hotel e estacionamento, alinhado com as tendências mundiais para este tipo de espaço, capaz de atrair centenas de eventos por ano e de dinamizar o turismo da capital. O Centro de Convenções, no Costa Azul, há muitos anos tinha suas atividades majoritariamente concentradas em formaturas e congressos de pouca expressão turística, com pouca influência no volume de negócios do Trade. A altíssima salinidade da região fazia com que o custo de manutenção fosse elevadíssimo, em média superior a R$ 1 milhão por mês. A nova localização, seja no Centro ou na Paralela, com ligação por metrô através da estação de Pernambués, para ambas as regiões, vai garantir que o parque hoteleiro, hoje localizado no Costa Azul/Stiep, esteja virtualmente próximo ao futuro Centro de Convenções da Bahia.

BE- A Prefeitura tem alegado que o metrô de Salvador tem ganhado novas estações através de recursos do governo federal. Como estão definidos os recursos para construção de novas estações do metrô?

BD -
Mais de 72% dos recursos investidos nas obras do metrô de Salvador são de responsabilidade do Governo da Bahia, seja por aporte direto, seja pela responsabilidade de pagar os financiamentos obtidos junto ao
BNDES ou à Caixa Econômica. O aporte direto de recursos do OGU é inferior a 30%.
 
BE- Ano que vem é ano de eleição, qual a sua intenção na campanha do ano que vem? Pretende se candidatar a algum cargo federal?
 
BD -
Não.

 


Rua Dr. José Peroba, 297, edf. Atlanta Empresarial, sala 709/710 - Stiep - Salvador CEP: 41.770 - 235 - Tel: 3565 - 2888