COLUNISTAS
 

ADARY OLIVEIRA - MAIS UM GOLPE CONTRA O NORDESTE
LUCAS LEAL - A SEMANA NA BOLSA - REPIQUE DE ALTA
ARMANDO AVENA - O MINISTRO DA FAZENDA EM SALVADOR


BUSCA
 



ENTREVISTAS
 


PRESIDENTE DO SEBRAE - GUILHERME AFIF DOMINGOS


SEU INVESTIMENTO
 


BITCOIN VOLTA A QUEBRAR RECORDE E ACUMULA VALORIZAÇÃO DE 1000% EM 12 MESES




FRASE DO DIA
 


“Eu sou o PRC – Partido de Rui Costa. Minha bandeira é a bandeira do governador. Se o partido que faço parte aderir o projeto antagônico, devo sair e procurar outra sigla”

Zé Trindade (PSL)
Vereador 









ENTREVISTAS
 
HELDER ALMEIDA - SECRETARIA DO GOVERNO PREFEITURA DE CAMAARI
 


BE-O que o senhor destacaria como ações e realizações da Prefeitura nesses primeiros meses da gestão a frente de Camaçari ?

HA -
A gestão do prefeito Antonio Elinaldo assumiu o governo com o município atolado no lixo, pois a coleta em dezembro de 2016 foi toda irregular sendo interrompida nos últimos dez dias do ano. Isso nos obrigou a contratar, em caráter emergencial, empresa para coletar o lixo. Consultamos as quatro cadastradas e selecionamos a que ofereceu o menor preço. Com isso economizamos R$ 1 milhão por mês em relação ao que o governo anterior pagava pelo serviço. A empresa retirou mais de cinco mil toneladas de lixo acumulado e a coleta foi regularizada em duas semanas. Outra emergência foi a regularização do Mercado de Camaçari que funcionava sem condições adequadas de segurança e sem cobrança de taxa aos permissionários, motivo de uma ação movida pelo Ministério Público desde 2015. Realizamos as obras requeridas pelo MP e a Justiça. O Mercado chegou a fechar por um dia por medida judicial, mas foi reaberto com a situação regularizada. Além disso, a prefeitura realizou uma série de obras de infraestrutura na feira e promoveu o ordenamento do comércio ambulante no entorno do mercado. Apesar da situação de caixa ruim, realizamos requalificação em mais de 200 ruas e avenidas, obras de reparo e limpeza na rede escolar municipal e postos de saúde e agora estamos renovando a iluminação pública do município que herdamos com mais de seis mil lâmpadas queimadas.
 
BE - Varias prefeituras estão sofrendo com a redução das verbas do FPM e das próprias receitas. Como Camaçari está nessa questão?

HA -
Recebemos a prefeitura com dívidas de pelo menos 86 milhões e com queda na arrecadação em função da crise econômica. Já tendo uma ideia desse quadro, o prefeito Elinaldo assinou decreto de enxugamento da máquina pública que reduziu o número de secretarias de 26 para 13 pastas, exonerou todos os ocupantes dos cargos de confiança, cerca de mil servidores, determinou a revisão dos contratos da gestão anterior com a projeção de economizar R$ 50 milhões por ano. As medidas de contenção de gastos permitiram que a Prefeitura mantivesse o equilíbrio financeiro nesse primeiro semestre, pagando todos os compromissos sem atrasos.
 
BE- O polo de Camaçari está fazendo 39 anos, o que o município está fazendo para atrair novos investimentos para o distrito ?

HA -
Um dos grandes fatores de desenvolvimento econômico de Camaçari ocorreu nesse primeiro semestre com a atração para o município de uma unidade do Cimatec Industrial. O Campus Integrado de Manufatura e Tecnologia tem por objetivo aumentar a competitividade do setor industrial gerando inovação, novos negócios e postos de trabalhos qualificados. A parceria da Prefeitura com a Federação das Indústrias da Bahia e governo estadual permitiu a implantação da unidade na área da antiga fábrica da JAC Motors. O prefeito Elinaldo tem qualificado essa instalação com a terceira grande onda de desenvolvimento de Camaçari. A primeira foi o polo petroquímico, o segundo a Ford e agora o Cimatec.
 
BE - A prefeitura está buscando novos atrativos de investimentos internos e externos para viabilizar as obras dessa gestão? Como está essa questão?

HA-
Temos desburocratizado a regularização das empresas que querem se instalar aqui. Isso já tem surtido efeito. Processo que mofavam nas gavetas da burocracia municipal viraram realidade como a loja do Atakarejo e a Termelétrica do Grupo Imetame, cujos alvarás já foram liberados e são empreendimentos geradores de renda e empregos no município.
 
BE- Camaçari ainda aparece como um dos municípios mais violentos da Bahia. Como a Prefeitura está combatendo essa questão?

HA -
A parceria importante da Polícia Militar de Camaçari com o município, nos permite fornecer todo apoio possível para melhorar o policiamento. A renovação da iluminação pública de Camaçari - que vem sendo efetivada após a conclusão da licitação que resultou na contratação da nova prestadora de serviços da área - era uma antiga reivindicação dos moradores e da PM que vai facilitar a vigilância. Estamos acertando também as rondas escolares e reivindicando do governo do estado um reforço do efetivo no policiamento de Camaçari. 




Rua Dr. José Peroba, 297, edf. Atlanta Empresarial, sala 709/710 - Stiep - Salvador CEP: 41.770 - 235 - Tel: 3565 - 2888