ENTREVISTAS
 
ROGÉRIO TEIXEIRA – GERENTE REGIONAL DO SEBRAE-BA
 
 
BE- Qual a importância de um evento como a Liquida Salvador para comércio?

RO- A Liquida Salvador tem uma importância fundamental para fomentar as vendas do comércio. Fundamental também para estimular o consumidor com poder de compra além de poder atrair o cliente para loja dele e dar descontos atrativos. Momentos como esse devem ser colocados sempre à tona a situação do país. Vivemos um tempo de crise onde o consumidor precisa pesquisar para comprar, então oferecer oportunidades como essa para o comércio é fundamental 

BE- O Sebrae é um órgão que está sempre auxiliando o pequeno e médio empresário a iniciar seu negócio, quais as dicas que o senhor pode passar para o comerciante vencer nesse período de crise. 

RO- A primeira coisa que eu posso falar é a capacitação. Eventos como esse da Liquida Salvador, com presença de pessoas que podem fazer o comerciante crescer, representantes de palestras internacionais dentre outros, são fundamentais. Além disso o comerciante deve ficar atento das oportunidades de mercado, além de qualificar seus funcionários o máximo possível, para obter mais sucesso. 
 
BE- Quais as áreas que o Sebrae aposta que em 2017 o comércio pode se destacar?

RO- Nós temos áreas essenciais que sempre, mesmo em período de crise não tendem a ficar em crise. Dentre elas temos alimentos, estética que são áreas que tem sido bastante utilizadas por pessoas que estão conseguindo vencer a crise no mundo do empresariado. Outra área que nós podemos observar com sucesso é a questão da reparação, que tem crescido muito nos últimos ano. Observamos que hoje em dia é mais fácil a pessoa botas sua televisão, seu celular, sua máquina de lavar para consertar do que comprar outra. Então uma pessoa com uma técnica apurada, e que tenha um bom cartel de clientes vai conseguir ter um sucesso maior nessa área. 

BE- Quais os investimentos necessários que o governo precisa fazer para que o comércio volte a crescer?

RO- A primeira coisa que o governo deve fazer é estimular. O governo precisa entender a importância de abraçar boas ideias para que o comércio cresça. Outro ponto a se destacar é que o investidor, precisa de uma economia estável política e economicamente, assim ele teria a segurança necessária para investir no setor. O governo tem de trazer de volta a credibilidade da economia, além de buscar auxiliar o comerciante através de medidas importantes como a redução de impostos, dentre outros. 

BE – A Qualificação da mão de obra é um ponto importante para o setor. Como o senhor avalia esse ponto na Bahia          

RO – Eu diria que no estado da Bahia é necessário que haja uma conscientização maior com a necessidade de capacitação do funcionário. Se faz muito pouco hoje em dia, apesar de boas ideias. É preciso colocar o comércio num patamar mais forte na economia. Isso possibilitaria trazer um retorno grande ao setor além de transformar e dinamizar pontos como o PIB dentre outros. A capacitação é fundamental nesse aspecto. Um comércio com funcionários capacitados, bem geridos, colocados em um setor adequado, tende a prosperar. 

Rua Dr. José Peroba, 297, edf. Atlanta Empresarial, sala 709/710 - Stiep - Salvador CEP: 41.770 - 235 - Tel: 3565 - 2888