COLUNISTAS
FRASE DO DIA

“Essa é última etapa para o processo de credenciamento para o serviço de mototáxis, que passa a ser uma realidade em nossa capital. Esse sempre foi o nosso objetivo, harmonizar os modais de transporte,”

Fábio Mota
Secretário de Mobilidade Urbana de Salvador 
NOTÍCIAS
24/04/2017 10:42
DEMANDA DO CONSUMIDOR POR CRÉDITO CAI 4% NO 1° TRIMESTRE


Dados nacionais da Boa Vista SCPC apontam que a Demanda por Crédito do Consumidor caiu 4,0% no 1º trimestre de 2017 na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Já na avaliação dos valores acumulados em 12 meses (abril de 2016 até março de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração de 9,3%, enquanto na análise interanual (contra o mesmo mês do ano anterior) houve queda de 1,9%. Contudo, na comparação mensal contra fevereiro houve alta de 2,2%, considerando dados com ajuste sazonal.
 
Considerando os segmentos que compõem o indicador, a avaliação em 12 meses mostrou que nas instituições financeiras houve queda de 13,7%, enquanto para o segmento não-financeiro a diminuição foi de 6,7%.
 
“Apesar de algumas melhorias econômicas já em curso, os resultados da tendência do indicador ainda mostram uma demanda por crédito fragilizada. Fatores como altas taxas de juros, rendimentos reais negativos e desemprego elevado ainda se mostram como variáveis condicionantes deste cenário, e impõem mais cautela e aversão ao consumo por parte das famílias. Apesar disto, a perspectiva de redução de juros e de inflação devem aumentar a confiança dos agentes e consequentemente contribuir para a retomada do crescimento da procura por crédito a partir do 2º semestre deste ano”, diz a Boa Vista SCPC.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 10:31
DÍVIDA PÚBLICA SOBE 3,17% EM MARÇO, PARA R$ 3,23 TRILHÕES

 

A dívida pública federal, que inclui os endividamentos do governo dentro do Brasil e no exterior, avançou 3,17% em março, para R$ 3,23 trilhões, informou a Secretaria do Tesouro Nacional nesta segunda-feira (24). Em janeiro, a dívida estava em R$ 3,13 trilhões.

O aumento se deve à emissão de títulos acima do volume de resgates (papéis da dívida que venceram). Em março, as emissões somaram R$ 80,37 bilhões. Já os resgates de títulos públicos totalizaram R$ 13,78 bilhões. As despesas com juros, outro fator que impulsiona para cima a dívida pública, somaram R$ 32,95 bilhões.

A dívida pública é a emitida pelo Tesouro Nacional para financiar o déficit orçamentário do governo federal. Quando os pagamentos e recebimentos são realizados em real, a dívida é chamada de interna. Quando tais operações ocorrem em moeda estrangeira (dólar, normalmente), é classificada como externa. Em 2016, a dívida pública registrou crescimento de 11,42%, para R$ 3,11 trilhões.

Para este ano, a expectativa do Tesouro Nacional é de novo aumento na dívida pública. A programação da instituição prevê que ela pode chegar aos R$ 3,65 trilhões no fim de 2017. Se isso se confirmar, a alta da dívida, neste ano, será de R$ 538 bilhões, ou seja, acima de meio trilhão de reais, aumento 17,28%. (G1)
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 10:26
CONFIANÇA DA INDÚSTRIA SOBE 0,1 PONTO EM ABRIL ANTE MARÇO


O Índice de Confiança da Indústria (ICI) apurado na prévia da sondagem de abril teve ligeiro avanço de 0,1 ponto em relação ao resultado fechado de março, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira, 24. Se confirmado, o indicador terá alcançado 90,8 pontos, permanecendo no maior patamar desde maio de 2014, quando estava em 92,2 pontos.
 
No resultado preliminar de abril, o Índice da Situação Atual (ISA) recuou 0,3 ponto, para 88,2 pontos, enquanto o Índice de Expectativas (IE) cresceu 0,5 ponto, para 93,6 pontos.
 
O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) da indústria ficou estável na prévia de abril ante o fechamento de março, aos 74,4%. A prévia dos resultados da Sondagem da Indústria abrange a consulta a 783 empresas entre os dias 3 e 20 de abril. O resultado final da pesquisa será divulgado no próximo dia 28. (Estadão)

 

.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 10:14
IPC-S FICA EM 0,31% NA 3ª QUADRISSEMANA DE ABRIL ANTE 0,44% NA ANTERIOR

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) desacelerou para 0,31% na terceira quadrissemana de abril, de 0,44% na segunda medição do mês, informou nesta segunda-feira, 24, a Fundação Getulio Vargas (FGV).
 
Das oito classes de despesas analisadas, cinco apresentaram decréscimo em suas taxas de variação nesta apuração: Habitação (0,36% para -0,09%), Educação, Leitura e Recreação (0,37% para 0,02%), Alimentação (1,06% para 1,00%), Despesas Diversas (0,54% para 0,34%) e Vestuário (-0,64% para -0,66%).
 
Em sentido contrário, registraram aceleração em suas taxas de variação na terceira quadrissemana de abril os grupos Comunicação (-0,39% para 0,30%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,94% para 0,96%) e Transportes (-0,21% para -0,20%).
 
O grupo Habitação respondeu pela maior contribuição para o alívio no IPC-S na passagem da segunda para a terceira quadrissemana de abril. A classe de despesa teve deflação de 0,09% ante variação positiva de 0,36% na mesma base de comparação.

 

.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 10:01
DÓLAR CHEGA A CAIR MAIS DE 1% ANTE REAL COM ALÍVIO POR ELEIÇÃO FRANCESA


O dólar opera em queda nesta segunda-feira (24), acompanhando o alívio dos investidores no exterior com o resultado do primeiro turno das eleições francesas e com as pesquisas indicando que o centrista Emmanuel Macron sairá vitorioso em segundo turno, segundo a Reuters.

Às 9h30, o dólar recuava 1%, vendido a R$ 3,1257. Os investidores, entretanto, seguem monitorando a cena política doméstica, atentos ao andamento da reforma da Previdência no Congresso.

O Banco Central realiza nesta sessão novo leilão de swap cambial tradicional --equivalente à venda futura de dólares-- com oferta de até 16 mil contratos para rolagem do vencimento de maio.

Na quinta-feira (20), último pregão, a moeda norte-americana subiu 0,32%, negociada a R$3,1574 na venda, em seu maior valor em mais de um mês. Na semana passada, o dólar subiu 1,58%; no mês, a alta é de 1,42%. No acumulado do ano, a moeda tem desvalorização de 2,84%. (G1)

 

.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 09:57
DEPOIS DE FERIADO CHUVOSO SEMANA DEVE SER DE SOL EM SALVADOR

 
 
A semana começou com muito sol, em Salvador e região Metropolitana, com algumas nuvens. As temperaturas variam de 25º a mínima e 30º a máxima. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), é possível chover rápido durante o dia e à noite e será assim durante toda semana.

No interior, chama atenção as temperaturas em Juazeiro. A população espera por chuva, mas o sol chega predominando, com calor que alcança 34º a máxima e 24º a mínima, sem qualquer possibilidade de chuva. E a meteorologia indica que será assim também durante toda esta semana.

Já quem está em Teixeira de Freitas, vai poder aproveitar uma temperatura mais baixa, variando entre 24º a mínima e 28º a máxima. O tempo fica nublado, com possibilidade de chuva a qualquer hora.



 
.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 09:44
EM DOIS ANOS, PROCESSOS ENVOLVENDO ACIDENTES DE TRABALHO AUMENTARAM 273%

 
 
 
O desembargador do Tribunal Regional da Bahia (TRT-5ª Região), Luiz Roberto Mattos, em entrevista Rádio Metrópole, na manhã desta segunda-feira (24), comentou o aumento de processos envolvendo acidentes de trabalho no estado. 
 
Destacando as ações do órgão para o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho — comemorado no dia 28 — e o movimento Abril Verde, o desembargador afirmou que, o percentual foi elevado em 273%. "Há mais adoecimento e acidentes na Bahia e no Brasil. O INSS tem mostrado o crescimento dos transtornos mentais como estresse, depressão. Essas doenças já atingiram o terceiro lugar de causa de afastamento do trabalho", afirmou.
 
"Temos buscado fazer um programa de trabalho seguro. São palestras de fiscais do INSS, com magistrados. São entrevistas em rádio, jornais, para chamar atenção da sociedade do empregado e empregador. Quem cria o ambiente de trabalho é o empregador. O empresário tem que olhar o trabalhador como ser humano", acrescentou.



 
.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 09:36
SENADO: PROJETO DE ABUSO DE AUTORIEDADE DEVE SER VOTADO NA CCJ NESTA SEMANA

 
 
O Senado deve votar na próxima quarta-feira (26), na reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), a proposta que tipifica crimes por abuso de autoridade. Na ocasião, será votado o substitutivo do senador Roberto Requião (PMDB-PR) à proposta originalmente apresentada pelo senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

O substitutivo estabelece mais de 30 tipos penais, que pune o juiz que decretar prisão preventiva, busca e apreensão de menor ou outra medida de privação da liberdade em desconformidade com a lei. Crimes de abuso cometidos por agentes públicos, inclusive militares, servidores públicos, além de integrantes do Ministério Público e dos poderes Judiciário e Legislativo da administração pública federal, estadual, distrital e municipal.


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 09:23
PT ACREDITA QUE LULA DEVE SER SENTENCIADO POR MORO EM ATÉ 4 MESES

 
 
A cúpula do PT não acredita mais na possibilidade de Lula chegar a agosto de 2018, quando ocorre o registro de candidaturas, sem condenação. De acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, os petistas creem que o ex-presidente petista deve ser sentenciado pelo juiz federal Sergio Moro em até quatro meses, mas que podem recorrer às instâncias superiores para reverter a possível decisão.
 
O Tribunal Regional Federal (TRF) leva, em média, só 120 dias para analisar recurso – e mantém ou amplia a pena em 70% das decisões do juiz. Para que ele dispute em 2018, o partido aposta em liminar a ser obtida no Supremo Tribunal Federal (STF) ou Superior Tribunal de Justiça (STJ). Trecho do artigo 26 da Lei da Ficha Limpa prevê que tribunais superiores podem suspender a inelegibilidade por liminar se considerarem o recurso do réu. O PT ainda têm esperanças de que Antonio Palocci, ex-ministro de Lula, não faça delação premiada ou poupe o partido. 



 
.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 09:11
MERCADO REDUZ ESTIMATIVA DE INFLAÇÃO E VÊ ALTA MAIOR DO PIB EM 2017

 
 
Os economistas do mercado financeiro estimam um comportamento melhor para a inflação neste ano e, também, uma alta maior do Produto Interno Bruto (PIB) em 2017. As expectativas dos analistas do mercado financeiro foram coletadas pelo Banco Central na semana passada e divulgadas nesta segunda-feira (24) por meio do relatório de mercado, também conhecido como Focus. 
 
Para o comportamento do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2017, a "inflação oficial" do país, o mercado baixou sua previsão de 4,06% para 4,04%. Foi a sétima redução seguida do indicador. Com isso, manteve a expectativa de que a inflação deste ano ficará abaixo da meta central, que é de 4,5%. A meta de inflação é fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e deve ser perseguida pelo Banco Central, que para isso eleva ou reduz a taxa de juros (Selic).
 
A meta central de inflação não é atingida no Brasil desde 2009. Naquele momento, o país ainda sentia os efeitos da crise financeira internacional de forma mais intensa, que acabou se espalhando pelo mundo. Pelo sistema vigente no Brasil, a meta de inflação é considerada formalmente cumprida quando o IPCA fica dentro do intervalo de tolerância também fixado pelo CMN. Para 2017, esse intervalo é de 1,5 ponto percentual para baixo ou para cima do centro da meta. Assim, o BC terá cumprido a meta se o IPCA terminar este ano entre 3% e 6%.
 
No ano passado, a inflação ficou acima da meta central, mas dentro do intervalo definido pelo CMN. Já em 2015, a meta foi descumprida pelo BC - naquele ano, a inflação superou a barreira dos 10%. Para 2018, a previsão do mercado financeiro para a inflação recuou de 4,39% para 4,32%. O índice está abaixo da meta central de inflação para o período (4,5%) e também do teto de 6% fixado para o ano que vem. Para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2017, o mercado financeiro elevou sua estimativa de crescimento de 0,40% para 0,43%.



 
.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 09:00
SELIC DEVE TERMINAR 2017 COM 8,5%, ESTIMA MERCADO

 

 
O mercado financeiro manteve sua previsão para a taxa básica de juros da economia, a Selic, em 8,5% ao ano no fechamento de 2017 - ou seja, continua estimando novas reduções de juros neste ano. Atualmente, a Selic está em 11,25% ao ano. Para o fechamento de 2018, a estimativa dos economistas dos bancos para a taxa Selic continuou em 8,5% ao ano. Com isso, estimaram que os juros ficarão estáveis no ano que vem.
 
A taxa básica de juros é o principal instrumento do BC para tentar conter pressões inflacionárias. A instituição tem de calibrar os juros para atingir índices pré-determinados pelo sistema de metas de inflação brasileiro.
As taxas mais altas tendem a reduzir o consumo e o crédito, o que pode contribuir para o controle dos preços. Entretanto, também prejudicam a economia e geram desemprego.
 
Na edição desta semana do relatório Focus, a projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2017 permaneceu em R$ 3,23. Para o fechamento de 2018, a previsão dos economistas para o dólar recuou de R$ 3,40 para R$ 3,38.

A projeção do relatório Focus para o resultado da balança comercial (resultado do total de exportações menos as importações) em 2017 subiu de US$ 52 bilhões para US$ 53 bilhões de resultado positivo. Para o próximo ano, a estimativa dos especialistas do mercado para o superávit ficou estável em US$ 42 bilhões.
 
A projeção do relatório para a entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil em 2017 ficou estável em US$ 75 bilhões. Para 2018, a estimativa dos analistas permaneceu inalterada também em US$ 75 bilhões.
.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 08:51
GOVERNO FEDERAL VAI LANÇAR PACOTE PARA OBRAS MUNICIPAIS

 
O presidente Michel Temer vai lançar um pacote de medidas para apoiar os projetos de concessão das prefeituras. O Ministério das Cidades terá uma linha de financiamento de R$ 2,7 bilhões de acesso a recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para projetos de infraestrutura urbana. A Caixa Econômica Federal dará financiamento para quatro áreas: mobilidade urbana, resíduos sólidos, iluminação pública, além de água e esgoto.
 
Os valores finais do programa ainda estão sendo fechados pelo Ministério do Planejamento, que coordena a elaboração das medidas. O presidente deve anunciar os detalhes na abertura do 4º Encontro dos Municípios da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que ocorrerá nesta terça-feira, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. O encontro, realizado a cada dois anos, é um dos maiores do País.
 
A ideia do pacote é acelerar as concessões. As medidas fazem parte da estratégia do governo para dinamizar a atividade econômica com o aumento dos investimentos e da geração dos empregos.
 
Segundo fontes do governo, os projetos poderão ter financiamento de R$ 500 mil a R$ 200 milhões das empresas concessionárias. Além de recursos para financiar as empresas do setor privado que vão tocar as concessões, o pacote terá um programa de apoio à elaboração dos projetos. (Estadão)

 

.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 08:42
MARQUETEIROS BAIANOS DEPÕEM EM JULGAMENTO DA CHAPA DILMA-TEMER


O casal de marqueteiros do PT João Santana e Mônica Moura é esperado para depor nesta segunda-feira, 24, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Eles serão ouvidos no julgamento que pede a cassação da chapa de Dilma-Temer, alegando abuso de poder político e econômico na eleição presidencial de 2014.
 
Os depoimentos podem complicar a situação da ex-presidente. Isso no caso dos baianos confirmarem que a petista sabia das doações para sua campanha por meio de caixa 2. Em delação premiada, Marcelo Odebrecht afirmou que Dilma tinha conhecimento do esquema. Mas no relato dele, ele afirma que conversou com ela sobre o assunto após a eleição.
 
De acordo com a legislação, Dilma só ficaria inelegível caso fique comprovado que ela sabia do caixa 2 durante a eleição. Por enquanto, não há evidências de que Temer tinha conhecimento do suposto esquema envolvendo a campanha da chapa dele com Dilma.(A Tarde)
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 08:33
BRASILEIROS JÁ PAGARAM R$ 700 BILHÕES EM IMPOSTOS EM 2017


O valor pago pelos brasileiros em impostos neste ano alcançou R$ 700 bilhões por volta das 8h desta segunda-feira (24), segundo o “Impostômetro” da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). No ano passado, o mesmo montante foi registrado somente em 3 de maio, o que revela menor crescimento da arrecadação tributária.

“O crescimento da arrecadação de um ano para outro decorre da retomada de atividade de alguns setores da economia brasileira, embora ainda em patamar baixo. A expectativa é de que uma recuperação mais consistente produza efeito positivo na arrecadação, o que mostra, assim, que não há necessidade de elevação de tributos. Pelo contrário: qualquer aumento pode prejudicar a atividade econômica e, consequentemente, a própria arrecadação”, diz Alencar Burti, presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

A marca de R$ 700 bilhões equivale ao montante pago em impostos, taxas e contribuições no país desde o primeiro dia do ano. O dinheiro é destinado à União, aos estados e aos municípios. (G1)

 

.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 08:32
OBRAS NA REFINARIA ABREU E LIMA RENDERAM R$ 90 MI EM PROPINA A PP, PT E PSB

 

As obras realizadas na Refinaria Abreu e Lima (PE) renderam R$ 90 milhões em propinas a ex-executivos da Petrobras ligados ao PP, PT e PSB. As informações constam da delação do ex-executivo da Odebrecht Márcio Faria da Silva à Procuradoria-Geral da República (PGR). O empreendimento, que não está concluído, foi realizado pela Odebrecht, OAS, Camargo Corrêa e Queiroz Galvão. Os dois contratos da refinaria assinados em 2009 somaram R$ 4,6 bilhões.
 
O empresário Aldo Guedes, ligado ao governador Eduardo Campos (morto em 2014 e do PSB), teria recebido R$ 15 milhões; Paulo Roberto Costa, ligado ao PP, R$ 15 milhões; José Janene (ex-deputado do PP, morto em 2010), R$ 15 milhões; Pedro Barusco, ex- gerente da Petrobras ligado ao PT, R$ 30 milhões, e Glauco Lagatti, ex-gerente da refinaria, R$ 15 milhões.
 
De acordo com Faria da Silva, em um encontro realizado em São Paulo, Guedes disse ser "o único representante do governador Eduardo Campos" e, em nome dele, pediu uma contribuição de 2% do valor global dos dois contratos, correspondente a R$ 90 milhões. Faria da Silva, para "manter uma boa relação", aceitou pagar R$ 15 milhões - metade seria paga pela Odebrecht, metade pela OAS. "É o que nós temos", disse. (Estadão)

 


.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 08:26
FUNDOS DE PENSÃO TÊM ROMBO DE R$ 70,6 BILHÕES


Os fundos de pensão fecharam 2016 com rombo de R$ 70,6 bilhões, segundo levantamento da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), o xerife do setor. O dado preocupa por causa da rápida expansão do déficit do sistema, que subiu 700% em quatro anos - em 2012, o buraco era de R$ 9 bilhões. O rombo subiu para R$ 21 bilhões em 2013 e para R$ 31 bilhões no ano seguinte. O déficit atingiu seu ápice em 2015, quando somou R$ 77,8 bilhões.
 
A indústria dos fundos de pensão é composta por 307 entidades, que administram 1.137 planos de benefícios. Juntas, elas detêm quase R$ 800 bilhões em investimentos, que representam 12,6% do PIB nacional. São 7,2 milhões de associados, entre participantes que estão na ativa, dependentes e assistidos.
 
Um plano de aposentadoria registra déficit quando os ativos não são suficientes para pagar os benefícios previstos até o último participante vivo do plano. A nova regulação não exige o equacionamento de todo o déficit. A norma em vigor permite que planos com população mais jovem tenham mais tempo para administrar os desequilíbrios. Para cobrir o déficit, participantes e patrocinadores precisam injetar mais dinheiro nos planos por meio de contribuições extras. (Estadão)

 

.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 08:21
VENDA DO PORTA DOS FUNDOS RENDE R$ 8 MI A CADA HUMORISTA

  

O Porta dos Fundos foi vendido para a gigante americana Viacom, dona da MTV, e renderá cerca de R$ 8 milhões para cada um dos sócios no canal de humor. Gregório Duvivier, Fábio Porchat, Antonio Tabet, Ian SBF e João Vicente de Castro passam a ter agora 49% do Porta.

A Viacom terá 51% dos negócios. A Joá Investimentos, de Luciano Huck, vendeu para a empesa americana seus 16% no canal e deixou o negócio. Segundo a colunista Keila Jimenez, o grupo levou cerca de US$ 11 milhões pela venda das ações (cerca de R$ 35 milhões). (Correio)

 

.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 08:18
CANALIZAÇÃO DE RIOS EM SALVADOR DIVIDE GESTORES E AMBIENTALISTAS


Sob responsabilidade da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), a obra orçada em R$ 273 milhões coloca em lados opostos os poderes públicos, defensores do formato original do curso hídrico e moradores próximos das margens que alagam nos tempos chuvosos.
 
A intervenção no Jaguaribe segue a mesma linha de canalização de três afluentes que abastecem seu leito: os rios Mangabeira, Passa Vaca e Trobogy. O primeiro com intervenção prevista a cargo da Conder, enquanto os dois últimos já passam por obras de canalização executadas pela Prefeitura.
 
Na foz do Jaguaribe, já é possível avistar as marcações onde serão implantadas as calhas de concreto nas margens. A canalização do rio Trobogy está com 48% da obra concluída. No rio Passa Vaca, operários estão na fase de escavação. E no rio Mangabeira, ainda não há sinal de intervenção.
 
O principal argumento dos poderes públicos é de que a canalização dos rios tem por objetivo conter os alagamentos ao longo do curso dos corpos hídricos, que, historicamente, tiveram suas margens ocupadas desordenadamente por populações de baixa renda. 
 
Por outro lado, movimentos ambientalistas condenam a canalização dos rios, sobretudo na foz do Jaguaribe (que deságua na praia de mesmo nome), defendem a preservação dos ecossistemas hídricos, alegam prejuízos ambientais irreparáveis e clamam por saneamento para evitar poluição das águas. (A Tarde)
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 08:13
CONCURSOS ABERTOS NA BAHIA SOMAM QUASE 3 MIL VAGAS

 
A Bahia tem quase 3 mil vagas de concursos abertas. Um deles, da Secretaria da Administração do Estado (SAEB), encerra hoje as inscrições para 31 vagas de nível médio e técnico na função de Apoio Administrativo, em Salvador, com salário de R$ 1.569,17, para carga horária semanal de 40 horas. Outra oportunidade é o concurso do Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CRO-BA), que oferece 116 vagas de níveis fundamental, médio, técnico e superior.

Há oportunidades para Analista Administrativo, Agente de Fiscalização, Técnico Administrativo, Técnico em Informática e Auxiliar Administrativo para lotação nos municípios de Salvador, Barreiras, Eunápolis, Feira de Santana, Irecê, Itabuna, Jequié, Paulo Afonso, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista. As remunerações vão de R$ 1.056,90 a R$ 2.125,40, por jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Concursos abertos:
 
Processo Seletivo CRO-BA 2017: Inscrições até 14/05/2017. São116 vagas. Níveis fundamental, médio, técnico, superior. Salário: R$ 2.125,40. 
 
Secretaria da Administração do Estado (SAEB): Inscrições até 02/05/2017. Total de 2.535 vagas de estágio. Nível superior. Bolsa: R$ 1.424.
 
Secretaria da Administração do Estado (SAEB): Inscrições até hoje (24/04/2017). São 31 vagas. Níveis médio e técnico. Salário: R$ 1.569,17.
 
Prefeitura de Jandaíra – BA: Inscrições até 10/05/2017 para 3 vagas. Nível superior. Salário de R$ 2.883,30.
 
Consórcio de Saúde do Alto Sertão-BA: Inscrições até 26/04/2017. São 46 vagas. Níveis médio, técnico e superior. Salários de R$ 4.388,32. (Correio)


.............................................................................................................................................................................................................................................
24/04/2017 08:09
REFORMA DA PREVIDÊNCIA DIVIDE OPINIÃO DE BAIANOS


Composta por 39 representantes, a bancada da Bahia na Câmara dos Deputados está dividida sobre a proposta de reforma da Previdência Social que tramita na Câmara dos Deputados, cujo parecer da comissão especial que analisa o projeto foi lido na semana passada pelo presidente do colegiado, o baiano Arthur Maia (SD), que deu seu aval. A votação está prevista para a primeira quinzena de maio.

O vice-líder do governo no Congresso Nacional, deputado Benito Gama (PTB), garantiu que o Planalto já tem votos suficientes para aprovar a matéria em plenário. “Eu não voto com o governo neste projeto, voto pelo Brasil, voto pelo futuro de meus filhos e de meus netos. A proposta de reforma da Previdência Social não é um projeto de governo, é um projeto de país. Votos suficientes nós já tínhamos. Agora, temos também o apoio da população. As pessoas já começam a entender que é necessário fazer a reforma. A Previdência do Brasil como está hoje é insustentável”, afirmou Benito.

Também da base do governo, o presidente do DEM na Bahia, deputado José Carlos Aleluia, fez discurso semelhante ao de Benito ao antecipar seu voto favorável à matéria. “Vou votar com o Brasil. Isso aí não é votar com o governo. O projeto como foi apresentado pelo relator da comissão especial, da qual também faço parte, é justo. A Previdência Social do Brasil está falida”, decretou o democrata. Aleluia aproveitou a oportunidade para instigar os adversários com uma fala, segundo ele, do governador Rui Costa (PT). “Interessante que o governador Rui Costa disse uma coisa muito dura à imprensa. Ele disse que o Estado da Bahia não aguenta pagar a folha dos aposentados. Mas é estranho os aliados dele votarem contra a reforma”, cutucou o líder democrata.

Do outro lado, o deputado Félix Mendonça Junior, do PDT, justificou seu voto contrário dizendo que o governo devia cortar a taxa básica de juros praticada pelo Banco Central. “Acho que antes de mexer na aposentadoria do povo, o governo deveria é baixar a taxa de juros, pois mais de 45% do PIB (produto interno bruto) do Brasil são destinados a pagamento de juros da dívida pública. Depois, o governo devia reduzir o custeio da máquina pública. Dizia-se que os juros estavam altos por causa da crise econômica. Se o governo diz que não existe mais crise, por que manter a taxa de juro altíssima? Só se for para beneficiar os donos dos bancos. Aí o governo vai ter que chegar e dizer: ‘Olha, quem governa o Brasil são os bancos”, protestou Félix Jr. (Tribuna)
 

.............................................................................................................................................................................................................................................

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 ...6844     Total: 136863



Rua Dr. José Peroba, 297, edf. Atlanta Empresarial, sala 1503 - Stiep - Salvador CEP: 41.770 - 235 - Tel: 3037 - 2960